sexta-feira, 22 de junho de 2007
Olha!!!!
Que grande lata!
 
posted by Papoila at 17:10 | Permalink | 7 comments
Agora,
perfeito, perfeito, perfeito!! É receber o ordenado e o subsídio de férias mesmo mesmo antes de rumar ao Algarve!

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 15:53 | Permalink | 2 comments
quinta-feira, 21 de junho de 2007
Eu ouvi bem? [2]
Rabiola? R-A-B-I-O-L-A???????????

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 09:17 | Permalink | 2 comments
Eu ouvi bem? [1]
Derlei? Para quê? Que eu saiba o lar de terceira idade da primeira divisão portuguesa é o Benfica...

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 09:16 | Permalink | 3 comments
Diz que as crianças têm sempre razão?
Então se calhar a minha querida M2, do alto dos seus frescos e acabados de fazer 5 anos é que tem razão, quando diz que "eu quando for grande quero ser como a tia Papoila, não quero ser casada, só quero ter namorado"...

Pois que se calhar a melhor solução será mesmo essa!

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 09:14 | Permalink | 2 comments
sexta-feira, 15 de junho de 2007
Esta eu não resisto!
Acho que é a primeira vez que posto aqui um mail que recebi, mas este não resisto!!!

Definições De Marido:

Sabe o que é um marido DVD?
- É aquele que se Deita, Vira e Dorme.
E um marido DVD + R?
- É aquele que se Deita, Vira, Dorme e Ressona.

E um marido CD?
- É aquele que só Come e Dorme.
Moral da história, NÃO HÁ COMO OS ANTIGOS VHS...: Várias Horas de Sexo!
 
posted by Papoila at 14:32 | Permalink | 6 comments
quinta-feira, 14 de junho de 2007
Pois parece que a menina
Ticha me mandou um même, que invariavelmente me faz vir à mente a imagem de uma ovelha mas isso agora não interessa nada.

Pois parece que um même é um "gene cultural" que envolve algum conhecimento que passas a outros contemporâneos ou a teus descendentes. Os mêmes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma.

Whatever.

Deixar o quê, para a posteridade? Só se for aquilo que adoptei como lema de vida, aqui à uns anos atrás:

Vive a tua vida a fazer o que te dá mais prazer
e o que te faz mais feliz
Desde que não prejudiques os outros
E agora diz que tenho que passar a terceiros. Não diz a quantos, mas parece-me que já li algures que é a cinco. Também se não for, paciência.
Pois que os convocados são:
Florença
Lady
Rita Maria
Pitx
Mya
Cheguem-se à frente, vá lá, não custa nada...
Apesar de me parecer que umas duas ou três pessoas não vão ligar pêva, mas prontes...
 
posted by Papoila at 11:45 | Permalink | 3 comments
terça-feira, 12 de junho de 2007
Por outro lado,
uma das desvantagens é não podermos ir à praia sozinhos. Ou vamos mas não vamos ao mar. Ou vamos ao mar e arriscamo-nos a não encontrar o caminho de volta para a toalha. Ou não encontramos o caminho de volta para a toalha e abancamos ao lado da primeira brasa que encontramos.

Se bem que sem óculos arriscamo-nos a que a brasa não seja propriamente uma brasa....

Bom, é não ir ao mar, mesmo.
 
posted by Papoila at 10:13 | Permalink | 13 comments
Uma das vantagens
de se ser míope ao ponto de não se ver um elefante cor-de-rosa que caia do céu à nossa frente é podermos ter a qualquer altura os nossos próprios momentos zen: sem óculos não vemos nada suficientemente focado para nos podermos preocupar. Não reconhecemos pessoas, não lemos cartazes. Ok, conseguimos reparar nos carros a tempo de nos desviarmos.

Absolutamente relaxante. Convém é fazê-lo em locais familiares qb...
 
posted by Papoila at 10:08 | Permalink | 4 comments
sexta-feira, 8 de junho de 2007
Olha que giro...
Alguém me lê da Galiza! E logo essa zona que eu gosto tanto, tanto! E este não é um post lambe-botas, até porque não tenho motivos para. Simplesmente lembrei-me (mais uma vez) de uma zona lindíssima, tão perto de nós e tantas vezes esquecida.

O primeiro contacto que tive foi com Santiago de Compostela. A bem da verdade, primeiro primeiro não, porque para se chegar lá passa-se ali por Tuy, Vigo, Pontevedra e muitos outros. Mas dessa vez o destino foi mesmo Santiago, só mais tarde fizemos a costa e nos perdemos por Baiona, Vigo, Sanxenxo, O Grove, Padrón, Noia, Corcubión, Cee (uma terra com este nome??? sim, até tirei uma foto!!! Portuguesices...), Corcubion e... Fisterra. Aqui, o Cabo Finisterra, onde chegamos através de uma estrada de terra batida (há uns bons anos atrás, agora não sei), com largura quase insuficiente para um carro mas quando chegamos lá acima.... Meu Deus.... Uma das paisagens mais lindas que vi em toda a minha vida. O mar completamente revolto, nós cá em cima, a não sei quantos metros de altitude e a sentirmo-nos pequeninos, pequeninos... Compensa e muito o arriscado que é a subida. A descida? Vim de olhos fechados.... Medo!

Mas aquela costa é simplesmente de tirar o fôlego... O recorte, o azul do mar, as praias, a água... Gelada! Dizem que no Guincho a água é fria? Experimentem uma das praias da Galiza. Vão passar a ouvir com outros... ouvidos! a expressão "até gela os ossos". A mim pelo menos só me gelaram os pés e as canelas, que não consegui ir mais além dos joelhos!

E agora, o que é que eu faço às saudades que sinto, depois de recordar 2 ou 3 Verões por lá passados?

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 17:13 | Permalink | 3 comments
segunda-feira, 4 de junho de 2007
Eu quando era miúda
tinha medo (medo!) de me enganar em pôr o gira-discos no modo 45 rotações quando o disco era de 78. Ou vice-versa...

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 14:56 | Permalink | 9 comments
Sabem aquelas pessoas
tão florzinhas de estufa, mas tão florzinhas, tão florzinhas, tão florzinhas que até irrita serem assim tão florzinhas de estufa, que não podem apanhar meia hora que seja de sol na moleirinha que ficam logo atchim atchim cof cof cof cof??? Daquelas que na praia têm que ter sempre "ai a cabeça à sombra e o resto do corpo ao sol"? Sabem, sabem? Sabem????

Pois...

Etiquetas: ,

 
posted by Papoila at 14:21 | Permalink | 6 comments
Porque nem todas as canções de amor são lamechas
It's you that I adore
You'll always be my whore
You'll be the mother to my child
And a child to my heart
We must never be apart
We must never be apart

Lovely girl you're the beauty in my world
Without you there aren't reasons left to find

And I'll pull your crooked teeth
You'll be perfect just like me
You'll be a lover in my bed
And a gun to my head
We must never be apart
We must never be apart

In you I see dirty
In you I count stars
In you I feel so pretty
In you I taste God
In you I feel so hungry
In you I crash cars
We must never be apart

Drinking mercury
To the mystery of all that you should ever seek to find
Lovely girl you're the murder in my world
Dressing coffins for the souls I've left behind
In time
We must never be apart

And you'll always be my whore
Cause you're the one that I adore
And I'll pull your crooked teeth
You'll be perfect just like me
In you I feel so dirty in you I crash cars
In you I feel so pretty in you I taste God
We must never be apart

(Ava Adore, Smashing Pumpkins, 1998)

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 11:52 | Permalink | 5 comments
sexta-feira, 1 de junho de 2007
Mais da M80
Agora um concursozinho...

Um doce (virtual, é certo) a quem adivinhar o quê que eu apanhei na hora do almoço (e já deu para perceber que as horas de almoço por aqueles lados são proveitosas...).

Pistas? A nacionalidade, portuguesa, e não é Delfins nem Ban nem Pólo Norte...
 
posted by Papoila at 14:12 | Permalink | 3 comments
Ai ai ai
que eu sou sempre a mesma coisa.....
 
posted by Papoila at 11:54 | Permalink | 0 comments