sexta-feira, 25 de janeiro de 2008
...
e adoro ser assim!
 
posted by Papoila at 16:46 | Permalink | 2 comments
Eu
digo muitas coisas só para ver a reacção de choque das outras pessoas.....
 
posted by Papoila at 16:45 | Permalink | 3 comments
Então e este?
Não acredito que haja alguém que não se lembre...

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 14:22 | Permalink | 4 comments
me cheira a Primavera!
 
posted by Papoila at 09:44 | Permalink | 2 comments
Piadinha seca de Janeiro
A seguir vão buscar quem? O Wafflan?
 
posted by Papoila at 09:24 | Permalink | 1 comments
quarta-feira, 23 de janeiro de 2008
Heath Ledger
 
posted by Papoila at 10:43 | Permalink | 6 comments
terça-feira, 22 de janeiro de 2008
Ok,
a imagem na minha cabeça não tem nada a ver, esta é a verdadeira! Deliciem-se!


Etiquetas:

 
posted by Papoila at 16:13 | Permalink | 5 comments
Pois diz que
anda pelos Hawaiis a tocar em hotéis nos tempos livres. Nos ocupados, dá aulas...
 
posted by Papoila at 16:05 | Permalink | 0 comments
segunda-feira, 21 de janeiro de 2008
Dos ciclos que se fecham
Este iniciou-se algures no mês de Dezembro de 1989, infelizmente não consigo (agora) precisar o dia. Fomos buscar-te a Benfica e lá estavas tu, pequenina, no meio dos outro. Inevitavelmente, foste tu que me escolheste. É sempre assim, não é? Viemos para casa e tu, pequenina, pequenina, fazias o reconhecimento do teu novo lar, da tua nova família. Nessa noite choraste. E nas seguintes. Mas só ao início da noite, antes de vires aninhar-te aos meus pés. E antes da minha mãe descobrir e "não quero a cadela nos quartos!!!!" Pfff, pois sim.... :)

Contigo aprendi que os cães também têm personalidade. E a tua era lixada com f grande! Eras um doce, meiga até mais não, mas tinhas aquelas tuas coisas, que só nós, só a nossa família, é capaz de saber sem conseguir traduzir por palavras. Contigo aprendi que os cães têm uma atracção que já não acho esquisita por coisas como meias e cuecas sujas, pernas de cadeiras e móveis (obrigada por nos fazeres deitar fora aquelas cadeiras horríveis com mais de 20 anos...), caixotes-de-lixo-a-seguir-ao-jantar, borrachas da escola e chupetas de bebé. Contigo aprendi que um cão não é apenas um cão. Contigo aprendi o amor animal por um filho.

Deixaste-nos 13 anos depois e agora, ao escrever este texto, ainda choro.

Mas deixaste-nos a Nikita. Nascida e criada na nossa casa. E parece-me que só depois de ela também ter partido é que noto a importância deste pequeno pormenor.

É uma dor que passa, sei que sim, já passei por isso. Mas é um membro da família que parte. Não é um pai, não é uma mãe, não é um irmão. É um cão. É parte de nós. É parte do todo. E o todo está incompleto! Desde 2002, mas só agora tomei verdadeira consciência disso.

Porque só agora o ciclo se fechou.

Obrigada minhas queridas. Obrigada por me ajudarem a crescer.
 
posted by Papoila at 15:29 | Permalink | 5 comments
24-12-1992 / 19-01-2008
15 anos.
15 anos de companheirismo.
15 anos de amizade.
15 anos de ternura.
15 anos de amor.

15 anos.

Sinto muito a tua falta doce Nikita.

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 09:41 | Permalink |
sexta-feira, 18 de janeiro de 2008
Uma pessoa dá-se conta
que faz um bocadinho juízos antecipados quando dá por si a pensar "raisparta mal-educadão que nem sequer tira os óculos escuros (dentro do escritório, atenção) para falar com as pessoas" quando na realidade o senhor podia apenas ser uma espécie de José Cid e ter algum problema nos olhos.

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 17:10 | Permalink | 3 comments
E porque é que
quase todos os gajos que percebem muito de automóveis são por norma uns grandessíssimos bimbos?

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 16:43 | Permalink | 1 comments
quinta-feira, 17 de janeiro de 2008
Não sei o que é que isso diz de mim,
mas sou incapaz de percorrer quaisquer degraus sem os contar. Mesmo que já saiba desde sempre que para entrar em casa sejam 18 degraus. E que lá fora no quintal sejam 21. Conto-os sempre. Sempre.

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 15:38 | Permalink | 6 comments
Eu agora
 
posted by Papoila at 15:37 | Permalink | 2 comments
quarta-feira, 16 de janeiro de 2008
Ideia descaradamente
copiada daqui.



Ufa, posso continuar a chamar-te CARETA!!!! :DDD
 
posted by Papoila at 09:52 | Permalink | 4 comments
terça-feira, 15 de janeiro de 2008
O que eu queria
dizer, miss Kitty Fane, era que se o Sarkozy fosse gaja estaria na seguinte situação:

1. Estava recém-divorciada de um tipo charmoso de 50 anos;
2. Tipo esse que já a tinha anteriormente trocado por outra gaja, vivido um ano e tal com ela e posteriormente regressado para a legítima (a Sarkozy-gaja);
3. Ou seja, este gajo é no fundo um grandessíssimo cabrão...
4. Neste momento, e após um período pós-separação em que tinha continuado a usar aliança de casada, a Sarkozy envolve-se com um gajo bem mais giro e 10 anos mais novo que o ex...
5. Na minha opinião, esta Sarkozy-gaja é que a sabe toda!

Ou seja, não concordo nada com o que diz a Clara Ferreira Alves. Se o Sarkozy fosse mulher seria a verdadeira mulher dos tempos modernos. Que não fica em casa a chorar pelos cantos nem à espera que o ex telefone...

Etiquetas:

 
posted by Papoila at 09:14 | Permalink | 3 comments
Nunca gostei de
dar explicações a ninguém, sobre nada da minha vida. Claro que até uma certa altura era obrigada a isso, com os meus pais, e nem o questionava.
Mas a partir de certa altura foi mais "é a minha vida, ninguém tem nada a ver com isso". As opções são minhas, peço conselhos a quem acho que devo pedir, obviamente, mas não me venham cá com conversas "ah mas porquê e onde e com quem e PORQUÊ".

É o porquê que me tira do sério....


Dou satisfações SE e a QUEM acho que devo dar. Por uma questão de respeito, mais nada.

Enfim. Tudo isto para dizer que não me tem apetecido, é só.
 
posted by Papoila at 08:59 | Permalink | 2 comments